Translate

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O VALOR DO VISTO PARA O IRÃ TEM NOVAS TAXAS

Aos leitores que acompanham o colinas, sabem muito bem, que todas as vezes que as taxas dos vistos para o Irã, são alteradas, publicamos estas alterações afim de atualizarmos sobre esta parte tão importante para o turista na hora de planejar uma viajem ao Irã.
E recentemente o consulado Iraniano fez altera nos valores dos vistos, que é um documento emitido por um país dando à pessoa a permissão para entrar em seu território por certo período de tempo e para certas finalidades. Geralmente, os Vistos são carimbados ou anexados ao passaporte do destinatário. É muito importante entender que, ao entrar em um país sem um visto válido, isenção válida ou realizar atividades não cobertas por um Visto (por exemplo, trabalhar com um Visto de turismo), a pessoa torna-se automaticamente um imigrante ilegal, geralmente sujeito à deportação ao seu país natal. Muitas vezes, com a deportação, a pessoa não poderá mais entrar no país de destino ou poderá fazê-lo depois de um grande período de tempo.

O visto é uma parte muito importante para confirmar a entrada no Irã, para passaporte brasileiro existe a possibilidade de conseguir o visto na entrada, mas não é muito aconselhável, pois pode ocorrer certos imprevistos. Segue os valores corrigidos. Atualização desta informação em 01/10/2015.
Link para a página de visto
Documentos necessários para o visto

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Hábitos e costumes comuns entre brasileiros e Iranianos

União do povo Brasileiro faz a diferença
Já falamos tanto sobre a cultura persa, e nunca paramos um pouco para analisarmos a cultura brasileira e suas raízes. Neste post estaremos fazendo uma comparação dos costumes Brasileiros em ralação aos dos Iranianos. O que será que estas nações tem em comum? Será a alimentação? A música? Vamos analisar agora.
Comida típica Brasileira
A cultura brasileira tem grande influencia europeia, a cultura do nosso país, como sua música, sua arquitetura e sua identidade, se desenvolveu com o passar dos anos e se tornou resultado da grande mistura de etnias presentes no Brasil.
Nosso país tem uma identidade multicultural. A imigração foi determinante para a formação da cultura e das características nacionais.
Alguns hábitos e costumes dos brasileiros também sofreram grande influência dos índios, negros e imigrantes vindos do Oriente Médio e da Ásia. Um costume brasileiro que veio dos índios é a rotina de tomar vários banhos por dia. Na Europa isso obviamente não acontece.
O brasileiro também mantém os costumes e tradições que vêm do folclore. Isso engloba as festas populares e as comemorações e celebrações religiosas, principalmente os costumes ligados à Igreja Católica.
O brasileiro tem o hábito de trocar carinhos em público, abraçar e beijar as pessoas. Essa característica brasileira é muito estranhada em alguns países do mundo.
Quando o assunto é torcida, os brasileiros entendem bem do assunto.
No Brasil, as pessoas têm o costume de morar na casa dos pais até os 30 anos de idade, ou mais. Na Europa e nos Estados Unidos, os jovens saem de casa muito cedo, por volta dos 18 anos.
Em cada Brasileiro tem um coração verde amarelo.
Os brasileiros celebram o natal, a festa junina, a folia de reis e o carnaval. Todas essas comemorações fazem parte da cultura nacional e da formação dos cidadãos.
Na alimentação, ainda mantemos alguns costumes dos tropeiros, como o pão de queijo, o feijão tropeiro, o arroz carreteiro e a feijoada.
O maior gesto de alegria do mundo está no famoso carnal Brasileiro.
Como vimos, a cultura brasileira é uma verdadeira mistura de várias nações. É por isso que o Brasil tem uma cultura tão rica.

                                                      Hábitos e costumes do povo Iraniano

O Irã atual, pouco se parece com o país que estampavam jornais no passado. Atualmente, vive se mudanças constantes. O mundo agora ver em páginas brancas uma nova história sendo escrita com traços modernos e prósperos buscando ascender a economia a patamares alcançados por grandes economias do globo. E a cultura, uma das mais antigas do mundo se torna cada dia mais acessível aos turistas que almejam conhecer o grande império persa. 
Como todos sabem e quem não sabe vai ficar sabendo se ler o post, que o Irã, é um país situado no Oriente Médio, mais precisamente num subcontinente da Ásia Ocidental, fazendo fronteira com a Armenia, Rússia, Cazaquistão, Afeganistão, Paquistão e Azerbaijão, tendo o mar norte ao norte, suas terras eram conhecidas como pérsia.
Tendo o país uma grande atuação no campo das artes incluindo, música, arquitetura, poesia. Uma curiosidade sobre o país é que o ano novo é comemorado em 21 de Março.
 Direitos
As mulheres possuem o direito ao ensino e constituem mais da metade das atuais turmas universitárias do Irã, sobressaindo-se sobre as egípcias, marroquinas ou sauditas.
Podem dirigir;
Tem o direito de votar e ser votadas;
Podem viajar para outros países;
Podem andar de bicicletas;
Frequentar academias.
As iranianas são obrigadas a cobrir os cabelos em público. Elas também não podem vestir saias acima dos joelhos.
Literatura do Irã
A literatura do Irã é de caráter variado e riquíssima, apesar de ser pouco popularizada no resto do mundo. Ela se desenvolveu a partir do século IX a partir das dinastias que predominavam no país. A poesia se destaca nesta área e Rumi é o poeta que mais se destaca, embora grande parte da população iraniana ache que Saadi é tão influente quanto ele. Ambos são de grande importância para o Irã e eram praticantes do Sufismo, que se trata de uma corrente mística e contemplativa do Islã.

O romance “Veronika Decide Morrer”, do escritor brasileiro Paulo Coelho é bastante popular por lá.
Em análise somos parecidos com os persa em:
-         Afetividade
Como os brasileiros, a união da família tende a prevalecer nos lares iranianos. Estamos falando do cuidado que os pais tem com os filhos. Sabe aquele cuidado de ficar preocupado, em todos os aspectos. Mesmo depois de casados os filhos tendem a considerar os pais como figuras importantes na vida.
-         Criatividade
Com o embargo econômico, o país ficou em uma situação complicada. Mas todos os problemas foram superados graças a uma população criativa fazendo dos emaranhados de problemas uma oportunidade para inovar nos negócios. Estamos falando do fato da empresa não ter contas bancárias para receber e enviar dinheiro, mas mesmo assim fazer negócios no mundo inteiro.
-         Solidários
   Uma característica marcante que acredito que tem tudo haver com os brasileiros é a parte da solidariedade. Os iranianos são pessoas muito solidarias, sempre ajudam as pessoas e se você precisar de apoio de algum iraniano, com certeza tu serás atendido. Falamos também na parte de acolhimentos aos cidadãos de outras nacionalidades que vão ao Irã procurar apoio devido as guerras no Oriente Médio.
-         Trabalho
   Os persas são muito trabalhadores, prova disso são muitos empresários Iranianos que são bem sucedidos no Brasil. O diferencial neste povo é o tal do empreendedorismo.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Fruto brasileiro que não tem no Irã

Certo dia, ví um iraniano levando com sigo uma fruta bem estranha para mim. Achei o fato bem interessante e comentei a respeito. O Sr. Vai levar isso para o Irã? SIM! Respondeu-me com uma vibração incrível. Ele me contou que no país dele não tinha tal fruta. Para mim, este tal fruto não tem valor algum, estou falando do tal do jatobá que todo brasileiro conhece. Não tem gosto de nada, gruda nos dentes e nada mais. Comentei com outro brasileiro da empolgação do meu amigo persa, este me falou que a fruta é uma verdadeira fonte de ferro, substancia muito importante para o nosso corpo.
O que importa é que, aquele senhor (Iraniano) não estava interessado em substancia importante para o corpo, ele estava interessado mesmo era de levar aquele fruto escuro com casca grosa, sem gosto, um pouco de açúcar talvez e mais alguma coisa que não consigo descobrir, para o Irã, e mostrar com orgulho a sua grande descoberta. O jatobá, fruto  brasileiro é uma árvore que pode ser utilizada como planta medicinal no tratamento de problemas gastrointestinais ou respiratórios. Seu nome científico é Hymenaea courbaril e suas sementes, cascas e folhas podem ser compradas em lojas de produtos naturais.
Para que serve o jatobá
O jatobá serve para cicatrizar feridas e tratar asma, blenorragia, cistite, cólicas, vermes, doenças respiratórias, feridas na boca ou no estômago, prisão de ventre, coqueluche, disenteria, má digestão, fraqueza, problemas de próstata, tosse e laringite.
Propriedades do jatobá
As propriedades do jatobá incluem sua ação adstringente, antibacteriana, antiespasmódica, antifúngica, anti-inflamatória, antioxidante, balsâmica, descongestionante, diurética, estimulante, expectorante, fortificante, hepatoprotetora, laxante, tônica e vermífuga.
Modo de uso do jatobá
As partes utilizadas do jatobá são suas folhas, casca e sementes.
Chá de jatobá: Colocar 2 colheres de sopa das cascas numa panela com 1 litro de água e deixar ferver por 15 minutos. Beber 3 xícaras ao dia.
Depois deste post, descobri que este fruto é um poço de remédio. Tem razão do estrangeiro se importar tanto com este ele.