Translate

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

KABAB KOOBIDEH



 Chegou o mês das festas, e como tudo mundo sabe, não existe festa sem comida boa, e para contribuir mais ainda com o cardápio natalino ou de ano novo, o Colinas publica este post, mostrando um pouco da alimentação Iraniana. E quando se fala de alimentação Iraniana, temos que falar do KABAB KOOBIDEH, que é feito com a carne de carneiro moída, tendo como tempero a cebola, pimenta preta, sal e açafrão.

Kabab significa "cozinhar em fogo" E koobideh ou Koubideh se refere ao estilo que a carne foi preparado, originalmente a carne foi colocada em uma pedra plana (precisamente uma pedra lisa preta) e foi esmagado pelo martelo de madeira. Para nós estrangeiros, esta explicação quer dizer que a carne tem que ser moida.
 Ele é assado em um espeto - "kebab" significa espeto em turco (SIS escrita), mas "seis" em persa. Este kebab é semelhante ao köfte SIS na cozinha turca.

Para preparar koobideh,  usa a carne de cordeiro moída, tritura a carne duas vezes para uma consistência mais fina caso contrário, o kabab vai parecer com um hamburge, se picada apenas uma vez. Adicione o sal, alho em pó, pimenta preta, a cebola tem que ser bem ralado. Misture todos os ingredientes, cubra e deixe marinar na geladeira por pelo menos quatro horas ou durante a noite.Coloque a carne no espeto sobre o carvão quente, e após esta asado sirva com arroz, temperado com azeite, sal. Este mesmo arroz pode ser colocado lentilhas, acompanhado de tomates grelhados e cebolas assadas no espeto ao lado do kabob. Este prato famoso é geralmente servido como uma especiaria.
Preparação do Kabab
  Existe uma versão para o Kabab, usando a carne de frango, mas segundo o gosto dos Iranianos, não fica gostoso como o da feito com a carne de carneiro, mas quem quiser tentar os ingredientes são os mesmos.Fica ai a nossa dica de comida Iraniana. E boas festas para todos. 






A baixo um vídeo em inglês explicando o preparo deste prato da pérsia.

Fonte: https://www.wikipedia.org/
https://www.youtube.com/watch?v=ktGovE2_0rA


segunda-feira, 24 de novembro de 2014

A cerimônia de abertura da maior ponte de pedestre do iran, chamada de "Tabiat Bridge" (Nature Bridge) foi realizada em Teerã com a presença do prefeito desta Cidade o Sr. Mohammed Baqer Qalibaf.

A ponte tem uma estrutura de três níveis e foi concluída em menos de dois ano.a ponte liga dois parques o Ab-o-Atash e Taleghani, tem uma estrutura única projetada por Leila Araghian. O projeto desta  construção foi inspirada em arquitetura antiga iraniana em que, a ponte não era apenas um caminho de passagem, ligando dois lados de um rio ou vale, mas era um lugar para ficar, relaxar e desfrutar de belas paisagens.
A Ponte Tabiat dá às pessoas de Teerã uma oportunidade para mandar para longe o seu stress e exaustão,alguns minutos de caminhada são suficientes, para ter um bom descanso e relaxamento, tendo a oportunidade de apreciar a vista maravilhosa de toda Teerã.
 Na concepção preliminar, a ponte é composta por um corpo principal que atravessa a rodovia Moddares. Existem várias passarelas espalhando através Talegani Parque que têm acesso à ponte. O corpo curva da ponte, em alturas diferentes, dá aos visitantes inúmeros pontos de vista e perspectivas.
 Esta ponte pedonal icônico é projetado em 3 níveis. O primeiro nível tem uma galeria de café e lojas.
 O segundo nível é destinado principalmente para pessoas que estão cruzando de um parque para o outro, eles podem fazerem uma caminhada, ciclismo, patinação ou andar em uma carruagem de cavalos.
 Finalmente, o nível três, ou a zona de estadia, é um lugar para ficar e passear. No meio da ponte há escadas e rampas destinadas a obter a partir de um nível para outro. Para todos os níveis da ponte tem acesso para cadeiras de rodas. 
A ponte "Tabiat" é uma estrutura muito complexa. As colunas de árvore-like e corpo curvado assimétrico da ponte fez com que os cálculos de engenharia ainda ficassem ainda mais complicadas para a equipe de engenharia Massimo Maffeis, mas apesar de tudo esta estrutura de aço maciço em mãos de apenas 3 colunas pode tirar o fôlego de qualquer um devido a grande distância. 

Fonte: realiran.org
















sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Água com abundancia

Se no Brasil, Cidades grandes como Sao Paulo, sofre com a falta de chuvas, no Irã também a coisa por o jeito é a mesma. Nesta semana uma grande noticia se espalhou no Irã, onde o rio zayandeh-rud, que a muito tempo estava praticamente seco, voltou a transbordar águas em abundancias. Pessoas aproveitaram a boa onda e curtiram o momento tirando muitas fotos. E com o consentimento, da escritora do site peguei estas fotos recentes onde mostra exatamente o rio com um bom volume de aguas  passando pela ponte. Desta forma, acredito que o rio agora vai ficar muito mais bonito, se igualando com a ponte maravilhosa, que juntos completam esta obra de arte Persa. 
zayandeh-rud

uma pose para a foto, para ficar na historia.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

OS DEZ PRINCIPAIS SITE BRASILEIROS QUE FALAM DO IRAN

Como já tenho falado muitas vezes, fazer turismo no Irã, não é fácil, desde a escolha do país ate os últimos detalhes. Muitos Brasileiros ainda não sabem os procedimentos para tirar o visto, não sabem aonde recorrer sobre os vários assuntos referente ao Irã, não sabem que só em Brasilia-DF, existe consulado Iraniano etc.  Com tanta questão, vou fazer uma lista com os dez principais sites Brasileiros interessantes que de algum modo falam do Irã, o objetivo maior aqui é mostrar sites que tenham informações construtivas e objetivas.
O objetivo maior, nesta postagem, é mostrar a cultura Iraniana, de forma construtiva e objetiva, dispensando qualquer, outro assunto polemico ou sem fundamentos. Estarei numerando os 10 sites mais interessante que achei na internet, muitos deles sigo e indico, pois são fontes confiáveis e realistas.
Podem haver outros os quais não conheço, mas com certeza estes são os que mais se encontram ao fazer uma busca na internet.
1 - Em primeiro lugar esta o CHA DE LIMA DA PERSIA, um ótimo Blog, com muitas informações sobre o Irã, a escritora já foi ao Irã e tem muitos detalhes da viagem, aconselho ao turista que pretende ir ao Irã, dar uma pesquisada e ver as principais informações do país.

2 – Em segundo lugar esta o COLINAS DO IRAN, se você esta lendo esta postagem com certeza você já esta neste Blog, o qual contem informações do Irã, mas o foto principal é o visto para o Irã.

     3- Gabriel quer Viajar, este blog simplesmente é uma maravilha de projeto brasileiro quando o assunto é viagem, o camarada é muito gente boa, responde todos os emails a ele destinados, responde as questões dos leitores, e, gente, simplesmente um baita de escritor, para aqueles que almejam informações sobre vários lugares exóticos como o próprio Grabriel fala, esta ai uma dica importante para vocês.
4- coordenadaxy, Este blog tem informações sobre muitos lugares os quais a própria autora já visitou e morou, tendo viajado muito, pelo que li, ela resolveu compartilhar suas experiências com todos que almejam dar uma volta ao mundo. Um bom site de viagem o qual também sigo.
5- iranews, Pessoal, quem quiser ter informações do irã, e do Oriente Médio em geral, esta aqui uma dica, super importante, este site, cujo escritor se chama, Valter Xel, trás todos os assuntos referente a política dos países daquelas bandas do outro lado do mundo, também, ótima pessoa e com presteza responde os emails do pessoal, só não o meu!!! Brincadeira o camarada é muito gente boa, conheço-o pessoalmente o qual é Baiano, e sabe como é Baiano, não tem tempo ruim.
6- patrialatina, Este site, também é de responsabilidade o Sr. Valter Xel, trás informações sobre este mundão de meu Deus, colocando as em continentes e países, vale a pena acessar, sabe como é, informação nunca é demais.
7- navalbrasil, Site com muitas informações referente ao Oriente Médio e outros países mundo a fora, mas trata também do assunto referente ao petróleo. Se você vai ao Irã, tem que saber que aquele pais é um grande produtor deste produto.
8- blogs.diariodonordeste, Pessoal, coloquei este site, devido uma material interessante que li, com o seguinte tema `ARGO – iraniano “consertará” a versão de Ben Affleck`, muito boa a matéria.
9- camiranbrasil, Quando o assunto é negócios com o Irã, esta aqui todas as respostas, sabe aquele lenga-lenga entre o Irã e o Ocidente, quem não sabe, fique sabendo que o Irã, por enquanto não esta fazendo negócios com os países ocidentais devido um tal de bloqueio econômico ou outra coisa assim, o que importa é que, estão fazendo uma verdadeira desonestidade com este pais, privando-o de fazer negócios com o resto do mundo, com isso, quem paga o pato são os mais necessitados. Mas esta é uma questão política que não entendo muito bem, quem for empresário e quiser fazer negócios com o Irã, entre em contato com a Câmara de Comercio Brasil Irã que eles auxiliaram muito bem.

10- Gente, por ultimo, e mais importante, de todos quando o assunto é informação sobre o Irã, com certeza este é o site, irembassybr, esta na versão Beta, pois parece que tem algumas coisas a serem feitas.
Então esta ia, as dicas de alguns sites importantes sobre o Irã, sei que outros e outros, mas estes foram os que achei. Se tem alguma informação a qual não corresponde, fica ai a minha desculpa e podem mandar a pergunta ou mais informação que estamos dispostos a responder, e quem tiver algum site ou blog com informações sobre o Irã e Oriente Médio, mande que com certeza aumentaremos esta lista. Aos proprietários destes veículos de comunicação acima citados, se quiserem fazem alguma ressalvas ou comentários, fiquem a vontade.
Com certeza o nosso maior foco aqui, realmente é informar aos turistas o Maximo de conhecimento sobre o pais escolhido para conhecer.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Teerã, Capital do IRÃ

Hoje vamos conhecer um pouco de Teerã, Capital do Irã, cidade moderna, boa para se viver e morar. e morar.
 
Uma cidade moderna em meio à antigüidade do Oriente Médio. Teerã concentra mais da metade da indústria nacional, incluindo fábricas de automóveis, eletrônicos, equipamentos elétricos, armamentos, têxteis, açúcar, cimento e químicos. 
É também famosa pela venda de tapetes orientais, móveis e outros artesanatos. Há uma refinaria de petróleo nas cercanias. A cidade goza de numerosos museus, galerias de arte, palácios e centros culturais.
Teerã espalha-se por uma imensa extensão geográfica aos sopés da cadeia de Alborz e dispõe de uma intensa rede rodoviária, a qual não há paralelo no Oriente Médio. 
É também o maior nó ferroviário do país e possui dois aeroportos internacionais.
fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Teer%C3%A3
https://www.youtube.com/watch?v=4jvvEKCq3IU

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Qual a melhor época para viajar para o Iran?

Para melhor instruir os Brasileiros indecisos na hora de escolher a melhor época para visitar para o Iran resolvi fazer este post, esclarecendo algumas duvidas freqüentes nos leitores,  Então vamos La.
1 – Qual a melhor época para viajar para o Iran?
a melhor época para ir ao Iran  é simplesmente na primavera e outono, época em que o clima fica mais agradável, no inverno, que é de dezembro a janeiro, as temperaturas costumam ficar abaixo de zero, de junho a agosto, podem ultrapassar os 40º C.
O turista tem que levar em conta algumas datas, como o Ramadan, mês sagrado dos mulçumanos, nesta data, por longos 30 dias são feitos os jejuns e os restaurantes quase todos ficham as portas.
2- Qual o fuso horário?
O Irã está a 6h30 a mais que o horário de Brasília, mais ou menos 7h exatas.
3- Qual o código de área?
+98
4- A bagagem, quanto posso levar?
Se aconselha a levar 2 malas com 30kg por passageiro e bagagem de mão 8kg. Identificá-la e fechá-la com cadeado.
5- Qual  é a moeda Oficial?
A moeda oficial é Rial (IRR).
6-  Qual o Idioma?
O idioma oficial é o persa (FARSI), mas o turco, curdo, árabe também é falado.
E a GASTRONOMIA?  
A gastronomia Persa é interessante, mas não muito variada. A base da culinária é o famoso kebab de carne bovina ou de frango e faz parte do dia a dia das viagens ao Irã. Além disso, é comum o arroz ser servido com um tablete de manteiga para misturar e um pouco de açafrão. Berinjela, iogurte, lentilha, feijão, pistaches e cerejas também são itens bastante presentes. Não há carne de porco na gastronomia iraniana, pois os Aiatolás o consideram um animal sujo. Após as refeições, é costume local serem servidos o chay (chá preto) e o qalyan (conhecido por aqui como narguile). Na parte de bebidas, além do chá, existe uma razoável variedade de sucos e refrigerantes. Bebidas alcoólicas de qualquer natureza são proibidas no Irã, apesar de ser de lá a famosa uva Shiraz. Os cafés da manhã normalmente contam com chá, nam (pão local), manteiga, azeitonas, pepino, tomate e ovo cozido. Nem sempre há frutas ou frios disponíveis.
Fica ai as dicas super interessantes, que devem serem analisadas ao planejar sua viagem.
 
DICAS DE VIAGEM
Topo
FUSO HORÁRIO:
O Irã está a 6h30 a mais que o horário de Brasília.

CÓDIGO DE ÁREA:
+98
 BAGAGEM:
2 malas com 30kg por passageiro e bagagem de mão 8kg. Identificá-la e fechá-la com cadeado.
 MOEDA:
A moeda oficial no Rial (IRR).
 COMPRA DE MOEDA OU CARTOES PARA VIAGEM
Você pode conseguir boas cotações para a compra de moedas através da Novo Mundo Operadora 
www.novomundocc.com.br
 IDIOMA:
O idioma oficial é o persa, mas o turco, curdo, árabe também é falado.
 ENERGIA ELÉTRICA:
A voltagem é de 220V.
 GASTRONOMIA
A gastronomia Persa é interessante, mas não muito variada. A base da culinária é o famoso kebab de carne bovina ou de frango e faz parte do dia a dia das viagens ao Irã. Além disso, é comum o arroz ser servido com um tablete de manteiga para misturar e um pouco de açafrão. Berinjela, iogurte, lentilha, feijão, pistaches e cerejas também são itens bastante presentes. Não há carne de porco na gastronomia iraniana, pois os Aiatolás o consideram um animal sujo. Após as refeições, é costume local serem servidos o chay (chá preto) e o qalyan (conhecido por aqui como narguile). Na parte de bebidas, além do chá, existe uma razoável variedade de sucos e refrigerantes. Bebidas alcoólicas de qualquer natureza são proibidas no Irã, apesar de ser de lá a famosa uva Shiraz. Os cafés da manhã normalmente contam com chá, nam (pão local), manteiga, azeitonas, pepino, tomate e ovo cozido. Nem sempre há frutas ou frios disponíveis.
 Sobre o Irã:
- Táxi - É muito barato andar de táxi e as corridas variam de U$ 1,00 até U$ 5,00.
 - Bazares - Tem de tudo: roupa, comida, tecido, brinquedo, tapete, roupa íntima, utensílio doméstico, artesanato entre outros. É o local que eles fazem compra mesmo; São divididos por setor e só eles mesmos para entenderem a lógica desta divisão;  Não é difícil se perder em um bazar.
 - Mulheres - Existe excesso de respeito e proteção, e não desrespeito pelas mulheres, como muitos imaginam; As mulheres, no geral, são mais estudadas: os homens foram para a guerra e elas ficaram e estudaram mais; Geralmente é mais fácil encontrar uma mulher que fale inglês e elas podem ter cargos mais altos nas empresas; Elas vão para a praia de calça, casaco, sapato e lenço na cabeça; As universitárias não gostam da obrigatoriedade do lenço, adoram as turistas mas ficam nervosas com os estrangeiros homens, são muito interessadas e curiosas a respeito da vida no ocidente; As jovens fazem topetes, usam maquiagem e óculos de sol com aros dourados para tentar se fazer atraente mesmo com o uso do lenço (é uma revolução silenciosa).
 - Vestido Islâmico - De acordo com as crenças sociais e islâmicas no Irã, a vestimenta Hejab (vestido modesto) torna-se necessário às mulheres; isto não significa que você tenha que usar um Chador. Calças largas, saias longas, camisas de manga longa, casacos longos ou um lenço envolto sobre a cabeça será suficiente. Se preferir, a Companhia Turística do Irã fornecerá a você um manto. É necessário vestir um hejab em visitas turísticas nas cidades, vestíbulos dos hotéis e nos bazares. É obrigatório o uso do chador em visitas a mesquitas ou lugares sagrados. A observação das tradições e regulamentos de um país é, em parte, respeito ao povo deste país e retorno da cortesia tradicional e hospitaleira dos iranianos. Respeitando seus costumes, você os estará respeitando.
 - Armas e Bebidas Alcoólicas - A importação de qualquer bebida alcoólica, armas de fogo, munições, videotapes ou qualquer outra publicação contendo material obsceno é estritamente proibida. 
 Franquia de Bagagem:
A maioria das companhias aéreas que seguem do Brasil para o Irã permite 2 bagagens com 32 kg cada uma por pessoa, além de 01 mala de mão com 5 kg. No entanto esta franquia pode variar de acordo com a Cia Aérea e com possíveis conexões no trajeto Brasil / Oriente Médio. Se o seu roteiro incluir vôos internos dentro do Irã, a franquia será de 20 kg (1 bagagem por pessoa). Confirme com nosso atendimento a franquia exata para os seus vôos.
Objetos cortantes ou líquidos devem ser colocados na bagagem a ser despachada; Não podem ir como bagagem de mão. Já objetos de valor devem ser levados na bagagem de mão para evitar possíveis aborrecimentos em caso de extravio de bagagem. Lembre-se de identificar todas as suas malas e fechá-las com cadeados.
- Alfândega Brasileira: Na chegada ao Brasil são permitidos objetos de uso pessoal, roupas e brinquedos e U$ 500,00 em eletrônicos, mais U$ 500,00 de Free Shop.
- Alfândega Iraniana: É permitido a cada passageiro que deixa a República Islâmica do Irã levar artesanatos persas ou outros produtos comprados no país. Cada viajante poderá levar dois tapetes pequenos (total de 12m²) para fora do país. A exportação de qualquer antiguidade com mais de 50 anos de idade é proibida. Isto inclui moedas, manuscritos e outros artesanatos. Os guias turísticos que os conduzirão pelas cidades fornecerão todos os avisos necessários para compras.
 - Clima - o clima no Irã tende a variar entre os extremos, principalmente no verão e inverno. Durante o verão (entre Junho e Agosto) as temperaturas podem chegar a 50ºC em determinadas regiões (Costa do Golfo Pérsico e Províncias do Sul). Já no inverno (de Dezembro a Fevereiro), a temperatura cai significativamente, principalmente no Norte e Oeste, com temperaturas abaixo de zero e neve constante. No restante do país, as noites são bastante frias. Portanto, o ideal é evitar estes períodos e viajar durante a primavera e o outono.
 Segurança: De forma geral o Irã é um país bastante seguro para os turistas. Mas assim como em qualquer viagem, tome cuidado com seus pertences e documentos, especialmente em lugares muito movimentados. Mantenha os objetos de valor sempre com você. Não é comum haver cofres nos hotéis.
- Quanto levar: O valor indicado varia de acordo com a quantidade de refeições que já estiver inclusa em seu roteiro e com a quantidade de souvenires e lembranças você vai querer trazer na mala. A alimentação no Irã é barata e com aproximadamente U$ 15,00 é possível fazer uma refeição completa, lembrando que este valor pode variar de acordo com a sofisticação do restaurante escolhido. Para bebidas, de U$ 5,00 a U$ 10,00 por dia é suficiente.
- Como levar: Por conta do embargo ao Irã esqueça cartões de crédito e travellers cheques. Leve cash em dólares americanos ou euros. No caso de compras de tapetes já existem alguns estabelecimentos que aceitam cartão, pois possuem contas no exterior.
 - Tralhas para Trilhas:
Malas e Mochilas
- Mochila Ataque 20/30L – É a melhor opção para os passeios diários, pois tem tamanho ideal para levar água, máquina fotográfica, protetor solar, e o que mais você precisar para passar bem o dia. Você pode optar pela mochila da Venturas como brinde na compra da sua viagem.
- Malas de viagem – Como bagagem principal, fique a vontade para optar pelo estilo sansonite (quadrada, dura e com rodinhas) ou por uma mala maleável. O importante é que estejam sempre identificadas e trancadas com cadeado para aumentar a segurança dos seus pertences.
 Calçados
- Tênis para Caminhada – Para uso diário nos passeios.
- Papete ou Chinelo – Podem ser boas opções para relaxar os pés à noite nos hotéis e a papete pode eventualmente ser usada em alguns passeios durante o dia (não há restrições quanto a sapatos abertos ou sandálias).  
 Vestuário
- Roupas leves (suplex, tactel, dryfit) para serem usadas durante o dia. 
- Agasalho leve para as noites e também para o trajeto de avião, aonde o ar condicionado é sempre bastante forte.
- Meias e roupas íntimas. 
- Boné / Chapéu.
 Exclusivo para Mulheres
- Saias abaixo do joelho ou calças compridas (pois é ideal que a canela não fique a mostra) e soltas (não devem marcar o corpo). Ex. Legging com túnica comprida (cobrindo o quadril) por cima;
- Blusas de manga comprida ou ¾ - Deve obrigatoriamente cobrir o cotovelo;
- Lenços para cobrir a cabeça, desde o desembarque no aeroporto de Teerã. Sugerimos levar ao menos 2 do Brasil e comprar mais lenços localmente (o lenço é para a obrigatoriedade de cobrir a cabeça, mas o pescoço pode estar descoberto). 
 Exclusivo para Homens
- Calças compridas (não é proibido o uso de bermudas, mas não é comum e, portanto não conveniente);
- Camisetas podem ser de manga curta, sem problemas.
 Acessórios
- Protetor Solar - Recomendamos fator 30 ou mais.
- Protetor Labial
- Óculos para sol.
- Câmera fotográfica.
- Nécessaire - As dobráveis que permitem serem penduradas são mais práticas nesse tipo de viagem. Você pode optar pela nécessaire da Venturas na compra da sua viagem.
- Cantil térmico – Bastante importante para que você possa ter água sempre a mão durante os passeios e assim manter-se bem hidratado. Aconselhamos os térmicos para manter a temperatura da água mais agradável.
- Álcool em gel – Vale a pena ter um tubinho na mochila para auxiliar na higiene das mãos.
- Lanterna pequena - Pode ser útil para eventualidades, mas não é obrigatório.
- Repelente.
- Bloquinho de anotação – Para quem curte anotar todas as curiosidades e histórias explicadas pelo guia durante a viagem.
- Calculadora pequena – Pode ser bastante útil, tendo em vista o câmbio do Rial.
- Porta documentos para usar dentro da roupa.
- Medicamentos de uso pessoal.
Outras curiosidades:
- Camiseta da seleção brasileira faz muito sucesso;
- Por causa do calor o comércio fecha geralmente das 12h00 até 16h00;
- É comum as pessoas fazerem pic-nic noturno nos parques e praças, que são muitas;
- Não aceitam cartões de crédito e nem travellers cheques por causa do embargo Norte Americano;
- É possível trocar dólar ou euro nos bancos;
- Nos restaurantes é sugerido oferecer 10% do valor da conta, mas não é obrigatório. Nos hotéis a sugestão é de IR 1000,00 para carregadores.
Comer ao estilo persa – Comer sentado no chão, sobre tapetes persas (é claro!), é um hábito cotidiano cultivado ainda hoje em pequenas cidades iranianas.
Dias da semana e horário comercial – No Irã a semana começa no sábado! Quintas e Sextas feiras são os dias de descanso. Por causa do calor o comércio fecha das 12h00 às 16h00.
Calendário – No Irã eles ainda estão no ano de 1391. Os anos são contados a partir do inicio da Primavera do ano em que Maomé foi de Meca para Medina, ou seja, o ano novo (Noruz) deles é no dia 21 de março.
Bazares – Os bazares iranianos são enormes. Apesar de serem divididos por setor, é um tanto difícil entender sua lógica, então se deixe levar e caminhe sem rumo para vivenciar um pouco do costume local. Eles oferecem de tudo: roupas, comida, tecidos, brinquedos, utensílios domésticos, artesanato etc...
Parques – O famoso pic nic no parque faz parte da cultura e rotina iraniana É muito comum ver parques e praças cheios de iranianos comendo e conversando.
Principais produtos de exportação – Petróleo (80%), tapetes, frutas e nozes, ferro e metais, produtos químicos e petroquímicos.
Nos hotéis – Alguns hotéis têm um buraco no chão no lugar do vaso sanitário / Nem sempre as pessoas falam inglês nos hotéis / Nos quartos normalmente há um quadro que indica a direção de Meca
Para circular de taxi nas cidades iranianas – Os taxistas raramente falam inglês / Não possuem taxímetro e os preços variam bastante, mas são sempre muito baixos, variando entre U$ 3,00 e U$ 8,00 / Em Shiraz eles pegam mais passageiros no meio do caminho e vão espremendo os passageiros e dividindo os custos.
Mulheres – São geralmente mais estudadas do que os homens, falam inglês e possuem cargos altos nas empresas iranianas. Isso porque enquanto os homens foram para a guerra elas se mantiveram firmes nos estudos.
Mulheres modernas – Não gostam da obrigatoriedade do lenço, adoram as turistas, mas ficam nervosas com os homens estrangeiros. São geralmente muito interessadas e curiosas a respeito da vida e costumes no Brasil. As mais jovens fazem topetes, usam maquiagem e óculos de sol com aros dourados para burlar o uso do lenço (é uma revolução silenciosa).
Presentes – Se quiserem levar presentes para os guias ou amigos que fizerem no Irã, sugerimos camisetas ou artigos da seleção brasileira, que sempre faz muito sucesso.
Bebidas Alcoólicas – A importação e o consumo de qualquer bebida alcoólica no país são estritamente proibidos.