Translate

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

PERSPECTIVAS DO TURISMO 2017

Dois mil e dezessete chegou, um ano que trás consigo uma grande responsabilidade de mudar o panorama difícil que foi o ano passado. Dificuldade foi marcado em todos os aspectos, econômicos principalmente, e levando em consideração a nação brasileira, o campo politico não foi um dos melhores. Mas a certeza é que, espera-se que este ano possa-se alcançar um resultado animador, é isso que se espera.
Falando em coisa animadora, a Organização Mundial do Turismo (OMT), publicou que, o turismo mundial cresceu 4% em 2016 apesar das várias noticias sobre atentados em países tidos como grandes atrativos turísticos.
O número de turistas viajando pelo mundo em 2016 foi cerca de 1,235 bilhão, segundo o relatório 46 milhões a mais do que o ano anterior. Este resultado é animador a medida em que é o sétimo ano consecutivo de crescimento desde 2009, após a crise financeira mundial.

Um dado importante nesta publicação é destinado para a América do Sul, que teve um aumento no turismo de 6,3%, aos poucos países desta região começam a chamar a atenção de povos de outros continentes.
Segundo o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, o turismo teve uma força muito grande, tendo resistência aos rumores de terrorismo em várias regiões, não deixando isso prejudicar o resultado animador agariado este ano.
Só por conhecimento, a  região mais visitada, com 620 milhões de turistas foi a Europa, mesmo com os temores pela segurança em alguns países europeus.
Para 2017, os números são otimistas, futuramente a OMT, atualizará a lista dos países mais visitados em 2016, mas em relação aos dados de 2015, a organização afirma que o país número 1 mais visitados foi a França, ficando em 2 lugar os Estados Unidos e Espanha, não haverá muita mudança neste ranking, segundo estimativas da OMT.
Segundo pesquisas, o Irã teve um salto muito grande no número de turistas em 2016, sendo escolhido o destino favorito. Peritos da indústria, selecionaram o Irã entre os destinos mais almejados do mundo.

Um site Belga La Livre identificou o país persa como um dos países que tem uma grande quantidade de atrações turísticas, confirmado também em publicações especializadas no ramo como a National Geographic, Lonely Planet e Afar.
O relatório aponta 19 pontos turísticos especiais que tem cadastro na lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Os bons resultados, foram obtidos graças ao acordo histórico obtido em julho com a retirada de partes das sanções econômicas e estas medidas tem levado empresários internacionais e líderes empresariais, a buscarem novas oportunidades de negócios em um país que possui quase 80 milhões de pessoas.
As autoridades iranianas ligadas ao turismo, tem a certeza que as metas de crescimento serão alcançadas passando de cinco milhões de turistas em 2014 para mais de 20 milhões em 2025. Outro fato interessante nesta história é em relação ao Grupo de Hotéis Accor francês o qual tem investido muito dinheiro no país, pois este possui em media 1500 hotéis mas estes não são suficientes para receber o numero crescente de estrangeiros que visitaram a nação persa futuramente.
A estrutura hoteleira do Irã tendo em vista este crescimento repentino necessita desenvolver a construção de novos hotéis, e o grupo Frances assinou acordo, para a construção de dois grandes hotéis próximos ao Aeroporto Internacional Imam Khomeini em Teerã. Segundo autoridades iranianas o país planeja gerar até US $ 30 bilhões em receitas anuais do turismo em 2025.
Deve-se mencionar que a facilidade de emissão do visto nos aeroportos do Irã, também tem contribuído a visita de muitas pessoas com diferentes nacionalidades.
Autoridades iranianas dizem que o país planeja gerar até US $ 30 bilhões em receitas anuais do turismo em 2025.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

FELIZ 2017

O Ano novo está chegando, e com ele, a esperança de um futuro promissor para todos. Que este próximo ano, possa encobrir para sempre o passado, por que muitas foram as dificuldades que o povo Brasileiro enfrentou, muitos fatos marcantes na história do país, sendo de caráter comprometedor para o desenvolvimento da economia, que sem rumo, navegou em mares desconhecidos por doze longos meses.
Mas vale lembrar que o Brasil é uma nação que não se entrega facilmente, aos poucos ergue-se com o nascer da aurora um novo tempo, um novo dia uma nova oportunidade de fazer bem feito. Com certeza, aprende-se com os erros e estes servem simplesmente para mostrar a melhor direção a seguir.
Neste último post de 2016, a certeza é de que, fez-se o possível para se atingir o melhor resultado, e cada ano ver-se um crescimento significativo no acesso ao colinas, blog que nasceu com a finalidade de ajudar os brasileiros com informações sobre a cultura persa e também sobre o visto para o Irã,  país que a cada ano tem atraído muitos turistas brasileiros, e também empresários que atraídos com a facilidade de investimento, buscam áreas seguras para investir, e com metade das sanções econômicas rebaixadas, o Irã torna-se terra fértil para grandes relações comerciais com empresas brasileiras.
Através de seus sites governamentais observar-se que o Irã está disposto a firmar parcerias comerciais com muitos países ao redor do mundo e em especial com o Brasil, que tem recebido ao longo deste ano comitivas ligadas aos negócios, afim de cada vez mais facilitar a negociação ou destravar de vez a burocracia que surrupiam o engajamento eficaz para o desenvolvimento mutuo entre ambos.
A certeza de bons negócios com Irã, tem atraído a atenção de empresa de ponta em vários segmentos, entre elas a fabricante brasileira de aviões, Embraer e outas ligadas a fabricação de ônibus e caminhões, sem falar as empresas ligadas ao petróleo que enviam seus técnicos para trabalharem na manutenção de seus pontos de produção.
Dois mil e dezessete, chega com a responsabilidade de concretizar os desejos de muita gente, aos quais por vários motivos não puderam alcançar em dois mil e dezesseis, mas no final das contas, o que vale mesmo é a esperança de que o novo ano traga muitas realizações, saúde, alegrias e bons negócios, e com estes atributos juntos, as engrenagens da prosperidade possam trabalharem juntas e da melhor forma, chegando assim ao mesmo denominador comum, sucesso, realizações e certeza de que tudo possa dar certo neste ano.


Agradecemos aos visitantes neste blog, pois sem vocês nosso trabalho não teria sentido, e que neste próximo ano possamos alcançar, todos os objetivos planejado que por algum motivo não se realizou em 2016. Feliz festas, feliz ano novo, feliz 2017. 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

10ª Exposição Internacional de Turismo de Teerã

Após partes das sanções internacionais serem retiras sobre o Irã, este aproveita a oportunidade para abrir suas portas ao turismo e atrair milhares de visitantes todos os anos, ofertando itinerários a cidades milenares como também estações de esqui e imensos desertos.
E o que se nota neste contexto é o aumento a cada dia de turistas se aventurando a descobrir um dos países que a reputação internacional chega a ser considerada nebulosa, mas esta concepção começou a mudar a medida em que Teerã assinou em julho de 2015 um acordo com as grandes potências.
O Irã possui cerca de 80 milhões de habitantes os quais abrem suas portas afim de aceitarem turistas do mundo todo, estes tem uma grande curiosidade de conhecer muitas cidades históricas, podendo se enumerar aqui Isfahan, Shiraz e Yazd.
O governo acredita que a indústria do turismo é essencial compensar a queda dos preços do petróleo e limitar no futuro a dependência do produto, autoridades governamentais pretendem receber 20 milhões de turistas por em 2025, multiplicando por cinco as receitas anuais de divisas conseguindo assim chegar a um nível de 30 bilhões de dólares. 
Segundo estatísticas o objetivo é animado, pois só nos nove primeiros meses de seu calendário lunar, o Irã recebeu 4,16 milhões de visitantes, um aumento de 5% segundo dados da organização nacional do turismo do país. Outro dado importante é que 70% e 80% destes turistas vem de países vizinhos.


















Mas existe um crescente mercado de turistas ocidentais, levando autoridades iranianas a investirem em construções de novos hotéis e a ampliação de outros já existentes, sem falar no preparo de profissionais para atender este publico cada vez mais grande no Irã.
Para fortalecer o setor turístico, ocorrerá em Teerã a capital do país, a 10ª Exposição de Turismo entre os dias 06 e 09 de 2017, onde já tem até um relógio contando o tempo para o evento, no site pode se ter mais informações:
- Sobre a Exposição;
- Participação: Nesta página tem o formulário de participação como também a página de agentes;
- Termos e Condições;
- Galeria;
- Entre em contato.
Estas páginas servem de guia para as empresas e pessoas interessadas em participarem do evento.
Mas o principal foto realmente é em relação ao turismo, o participante terá a oportunidade de analisar em dois leques ,TURISMO e SERVIÇO PARA HOTEL, que se subdividem com muitas informações, veja abaixo a subdivisão de alguns deles, os quais são muitas, confira no próprio site a lista completa.
TURISMO
- Viagem e Turismo
- Linhas aéreas, linhas marítimas e linhas de estrada de trilho de parques  diversões, Bancos e Seguros de Serviços de Cidades e Regiões Turismo Boards;
- Turismo ecológico
- Artesanato e Artes
Turismo operadores
SERVIÇO DE HOTEL
- Todos os tipos de prata, porcelana, aço, colheres, garfos, facas;
- Sistemas de iluminação
- Cortinas, cobertores, toalhas, roupas de cama;
- Tapetes;
- Papéis de parede;
- Cozinhas industriais.
Do ponto de vista do turismo, o Irã se destaca a media que possui duas caracterizam importantes e únicas. Sendo a primeira a localização geográfica excepcional, e a segunda característica são as suas atrações turísticas fabulosas.


sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Miankaleh santuário de aves migratórias

Quando se fala das riquezas dos países do Oriente Médio, logo vem à imagem relacionada ao petróleo, mas nem toda riqueza destas nações giram em torno deste produto natural esgotável.
Aves migratórias na região muitas delas estão só de passagem
 No Irã por exemplo uma das riquezas a se admirar é a vasta quantidade de ecossistemas que abriga as mais diferenciadas formas vivas, prova disso é o paraíso ecológico de Miankaleh, situado na Ásia Ocidental, uma península que é o lar de muitas aves migratórias e espécies de répteis. Este santuário situa-se na parte sudeste extremo do Mar Cáspio, no norte do Irã, conhecido também como pantanal Iraniano é um refúgio reconhecido internacionalmente das aves migratórias.
Monte que faz parte do cenário da região 
A península possui 48 Km de comprimento com 1300 e 3200 metros de largura, tem em sua altitude em relação ao nível do mar de 23 metros, em sua área pode-se notar quatro aldeias, Ashuradeh , Qezel-e Shomali , Qezel-Mehdi e Qavasatl. A cidade situa-se no lado oposto da extremidade da península é Bandar Torkaman .
Uma observação muito importante é que nesta região foi moradia do Tigre Caspian, em 2010, um par de tigres siberianos conhecidos como leopardos persas,  foram enviados para Rússia a partir do Zoológico de Teerã. Os tigres de Amur, atualmente são mantidos em zoológicos e estão sendo treinados para ser reintroduzido na natureza para substituir os tigres Caspian na Península de Miankaleh, o Irã recebeu mais dois pares de tigres siberianos em 2012.
Localização geográfica da Penísula de Miankalen 
Sendo uma reserva natural vulnerável a indústria e o turismo, estas continuam a poluir a área, levando o governo Iraniano a voltar sua atenção com medidas protetoras e uma dela é a construção de um grande complexo hoteleiro bem no meio deste parque natural. 

Multidão de aves se alimentam na bonitas águas do lago













   Por mais que boa parte da península já foram vendidos pelo governo para fins industriais e residenciais o que ocasionou a diminuição significativamente do número de aves migratórias nos últimos anos. Outro fator preponderante nesta questão é a pesca extensiva e a caça que tem influenciado no desequilíbrio ecológicas onde muitas espécies são moribundo ou sob ameaça de extinção total.
Cena emocionante ao entardecer de cada dia com milhares
 de aves a procura de alimentos
e abrigo
Esta região não é muito conhecida pelos turistas, mas com certeza vale a pena conhecer, pois possui uma quantidade muito grande de espécies. Vale lembrar que, este santuário parece com o tão conhecido Bioma Pantanal Brasileiro, com suas varias regiões alagadas.
Fonte
wikipedia.org

terça-feira, 1 de novembro de 2016

O Trabalho desenvolvido por uma embaixada

Palestra com setores de Embaixadas e Consulados no Brasil - FECOMÉRCIO

   Muita gente não sabe exatamente para que serve uma embaixada, e quais são os trabalhos desenvolvidos por estas. A importância de uma embaixada só é percebida quando uma pessoa necessita viajar para um determinado local no exterior, aí sim vem aquela questão principal, o que fazer? Por onde começar.
  A primeira alternativa é procurar na internet algum site com informação do país ou do local de destino. Normalmente, todas as embaixadas tem uma página na internet para facilitar a busca por informações.
   Mas para informar melhor sobre o assunto, uma embaixada é a presença oficial de uma nação,
instalada dentro do território de outra nação. É seu dever proteger os interesses do País que representa e de seus cidadãos. Além disso, é a primeira instância de negociação com o governo local. Cabe ao embaixador informar o governo sobre os acontecimentos no país estrangeiro e, promover relações amistosas e desenvolver as relações econômicas, culturais e científicas entre as duas nações.
   Uma das principais funções de uma embaixada é a emissão e autorização do visto de entrada, expedir passaporte, procurações, testamentos, registros de nascimento, casamento e óbito, e legalizar documentos nacionais para cidadãos do país que representa.
 Quando um cidadão pretende visitar um país este deve primeiramente procurar a embaixada ou um consulado do dito país, pois nestes encontrará todas as informações necessárias, existem alguns países que não possuem embaixadas no Brasil, neste caso os sites estão em inglês o que pode complicar um pouco a vida dos Brasileiros.
   Outra função importante de uma embaixada é prestar suporte aos seus cidadãos que tiverem algum problema no exterior, como a perda de documentos, e precisarem de um socorro do governo, devem procurar os consulados.
   Dentro das embaixadas normalmente funcionam um consulado que é um setor responsável para a emissão de documentos de viagem, como vistos e passaportes; a expedição de certificados e atestados a autenticação de documentos para que tenham validade e o registro de voto em eleições presidenciais.
Por exemplo, quando um turista quer ir ao Irã, a primeira coisa a fazer é consultar o site da Embaixada do Irã no Brasil , nesta o turista encontrar todas as informações necessárias para se obter o visto, um processo muito simples mas que deve ser observado os documentos necessários, ler todos os procedimentos é de suma importância, pois assim tira-se todas as dúvidas e não perde tempo na obtenção do visto. 
Normalmente os consulados mudam alguns documentos exigidos para o visto, esta mudança ocorre uma vez por ano, o normal, neste caso sempre é bom conferir as informações constantemente, neste caso entra as agências de turismo que tem o papel principal de saber com exatidão da documentação necessária para o visto.
Existem agencias de turismo por exemplo que tem uma lista de documentos do visto para o Irã do ano de 2013, nunca se preocuparam em atualizar esta informação, não que seja ruim para o turista, ruim é para a agencia que fica em seus sites coisas que não convem com o que esta nos sites das embaixadas.
O turismo para o Irã esta crescendo grandemente, graças a abertura dos e incentivo dos governantes para aquecer a economia nesta área e o Brasil tem um potencial muito grande pessoas que almejam conhecer a terra persa e existem poucas agencias especializadas nesta parte, turismo para o Irã, e as poucas que tem são caríssimas, cobram um preço exorbitante. 
Não convém aqui mencioná-las, mas com certeza muita gente já viu estas na internet, o que se nota é que este alto preço cobrado de certa forma dificulta os brasileiros a escolher o Irã como destino turístico, mas os poucos que vão são o suficiente para mostrar as riquezas milenares encontradas no outro lado do mundo.
Desta forma fica a contribuição para o pessoal que sempre perguntam para que serve uma embaixada? O que fazem? Qual a sua importância e outras questões.
Existe um assunto muito importante também que é sobre as Câmara de Comercio. Que tem a função de trabalhar com os empressários nas exportações. 
No Brasil existe a Câmara de Comércio Brasil Irã, que dar suporte aos empresários brasileiros para a exportação e importação. 

sábado, 29 de outubro de 2016

O PRINCIPAL RIO DO IRÃ

A riqueza de um país pode se mostrar das diversas maneiras, em terras, grandes quantidades de quilômetros quadrados, em ouro, e ultimamente em petróleo, por mais que este ultimamente tenha caído o preço do barril sendo avaliado em outubro por 49,71 dólares, uma desvalorização de -1,51%, segundo fonte do site investing, que faz a cotação diária,  mesmo assim este produto ainda continua um item importante que mostra o poder econômico de um país, muitas nações do Oriente Médio carregam em suas marcas o mérito de serem grandes produtores e exportadores de petróleo do mundo entre estes o Irã.
Mas, nas últimas décadas, uma outra riqueza natural tem chamado a atenção de varias nações em todo o mundo, fala-se aqui da água, este tesouro que não se pode construir, mesmo tendo uma das formulas mais simples da tabela periódica dos elementos. A água não se constrói, ela é transformada em consequência das mudanças de temperatura, a água sofre transformações, podendo passar de um estado para outro. Estes são: líquido, sólido e gasoso. No estado líquido podemos encontrá-la nas torneiras de nossas casas, nos lagos, rios, mares, em forma de chuva.

Mas este foi uma explicação simples da riqueza inigualável da água. Esta pode ser encontrada no estado liquido nos rios, que é um curso natural de água, usualmente de água doce, que flui no sentido de um oceano, um lago, um mar, ou um outro rio. Em alguns casos, um rio simplesmente flui para o solo ou seca completamente antes de chegar a um outro corpo d'água. Pequenos rios também podem ser chamados por outros nomes, incluindo córrego, riacho, riachuelo, canal e ribeira. Não existe uma regra geral que define o que pode ser chamado de rio, embora em alguns países ou comunidades, um fluxo pode ser definido pelo seu tamanho. Muitos nomes de rios de pequeno porte são específicos para a sua localização geográfica. Um exemplo é o termo "burn", usado na Escócia e no Nordeste da Inglaterra. Às vezes um rio é considerado maior do que um afluente, mas isso nem sempre é o caso, por causa da imprecisão na linguagem.
Enquanto muitos países possuem uma quantidade considerável de rios, como o Brasil que possui as maiores bacias hidrográficas do mundo no total 12 regiões,  formadas por diversas bacias hidrográficas, donde estão localizados os principais rios do país: Amazonas, São Francisco, Tocantins, Araguaia, Parnaíba, Paraguai, Paraná, Uruguai, dentre outros. Outros países praticamente não contam com este número elevado de rios.
O Irã por exemplo possui somente um rio de destaque, chamado Karun, que pode ser navegado por barco e somente para distâncias curtas. O rio Karun, também chamado Ab-kuren é um dos rios mais importantes do Irão. É também conhecido por Kuran, sendo o principal rio navegável do país. Nasce nos Montes Zagros, correndo para sul e banhando Ahvaz e Khorramshahr, onde se une ao Rio Chatt al-Arab (Arvandrud). Nesta última localidade ocorreu uma das mais sangrentas batalhas da Guerra Irã-Iraque, pela conquista desse importante porto fluvial e estreito por parte das tropas do Iraque, ainda sob o domínio do governo de Saddam Hussein. Nesse rio localiza-se a usina hidrelétrica Reza Shah Kabir, no Departamento de Ahvaz, que produz cerca de 1200 MW e é uma das maiores do país.
Para concluir, basta perceber que o termo riqueza esta mudando de sentindo no decorrer dos anos. No passado países considerados ricos eram aqueles com grandes extensões de terras, como a Rússia - 17.075.000 km², Canadá - 9.975.000 km², China - 9.600.000 km², Estados Unidos - 9.364.000 km², Brasil - 8.512.000 km², Austrália - 7.700.000 km², Argentina - 3.761.274 km², Índia - 3.287.590 km².
Hoje a riqueza de um país é considerável no contexto da quantidade de matéria prima o qual possui, incluindo bacias hidrográfica, neste caso os rios.
fonte: pt.wikipedia.org
br.investing.com

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

12 ª Feira Internacional das Embaixadas


Quem mora em Brasília-DF, terá a oportunidade de participar da Feira Internacional das Embaixadas, em sua 12ª Edição, este é um evento cultural beneficente pelo qual as embaixadas tem a oportunidade de mostrar para o público um pouco de sua cultura, por meio de doações e vendas de produtos típicos de cada Embaixada participante,  os fundos que serão arrecadados serão para apoiar e ajudar ações e instituições brasileiras de caridade. Neste evento as pessoas poderão presenciar as diversas e diferentes culturas presentes.
Este evento conta com o apoio do Governo do Distrito Federal, conhecido antes como “Bazar Internacional Diplomático”, pode-se igualar com uma vitrine de múltiplas experiencias culturais, onde mais de 100 países estarão mostrando um pouco da sua cultura.



E esta cultura será mostrada por vários tipos como as danças, artesanatos, pinturas, roupas e não se deve esquecer de mencionar as comidas típicas.
Participar deste evento é deixar de lado o idioma, pois neste todos falam o mesmo, ou seja ajudar o próximo e ainda viajando longe sem sair de Brasília. Fica a dica para a sua agendo no dia 12 de novembro, veja todas informações no site.