Translate

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Como preencher o formulário de solicitação do visto para o Irã

Antes de entrar no assunto mencionado veja o que você vai encontrar no Irã em sua viagem a turismo.

Naghs-i Jahan  Isfahan (Irã)

Praça construída no centro de Isfahan. É um dos maiores do mundo e está rodeado por edifícios da era Safávida: A mesquita Shah, Sheikh Sotão Allah Mesquita, o Grande Bazar e Ali Qapu Palace. A praça e os edifícios circundantes foram construídos durante o reinado de Shah Abbas I, que Isfahan se tornou a capital de seu império em 1598.
Fontehttp://www.visualinfoglobal.com


Gostou? Sentiu aquela vontade de ir amanhã ao Irã? Então vá, conheça uma das mais antigas culturas do mundo, um lugar mágico e encantador o Irã é repleto de artefatos que em lugar nenhum se pode encontrar, e você tem 1001 motivos para conhecer a pérsia antiga.
ASSUNTO DO POST
A viagem dos sonhos começa com uma série de procedimentos a serem seguido para que as expectativas sejam alcançadas, e a falha em um destes passos pode ocasionar aquela dor de cabeça que ninguém quer passar.
Um desses importantes após escolher o destino preferido é o visto, este bicho de sete cabeças para muitos turistas. Essa complicação varia de acordo com a localidade escolhida para o passeio, os países do Oriente Médio tem esta característica marcante, devido os graves conflitos regionais.
Mas não é impossível se conseguir um visto para estas nações, com um esforço a mais tudo dar certo no final.
Mas a dica hoje se volta para o visto do Irã, país situado no Oriente Médio, com uma população em torno de 80 milhões de pessoas, sendo considerada uma das nações mais seguras do mundo, segundo relatos de vários turistas. Sua economia tem sido destaque nos últimos anos graça a retirada de parte das sanções econômicas pelos EUA e União Europeia, e isso tem fortalecido o setor turístico persa.  
Mas ao escolher o Irã como destino turístico as pessoas se deparem com uma série de dificuldades, e uma delas é número de autorização do visto, que o consulado solicita. E como conseguir este número é outra questão que muita gente fica perdida chegando muitas vezes desistindo da viagem e procurando outro destino.
Mas vamos lá resolver este dilema:
Para conseguir este número, o turista deve entrar em contato com alguma agencia de turismo no Irã, coisa já complicada, pois estas agencias raramente retornam as mensagem de e-mails, mas vale a pena continuar a busca até conseguir uma que atenda os pedidos feitos. Uma coisa que assunta realmente é quando estas agencias pedem uma cópia do passaporte e um pagamento de uma taxa pelo serviço prestado, gente, isso é normal, não tenha medo de enviar a cópia do seu passaporte, eles realmente precisam da cópia deste documento para  que consigam o número junto ao Ministério das Relações Exteriores.
O pagamento deste serviço também é complicado por que o valor é feito através de cartão de crédito, isso também é normal todas as agencias trabalham desta forma, após o pagamento desta taxa, que fica em torno de 30 a 35 euros, o número é enviado por email de 7 a 10 dias, sem contar quinta-feira, e sexta-feira, estes dias no Irã é final de semana, como se fossem sábado e domingo aqui no Brasil.
Com este número em mãos, é hora de catalogar os documentos a serem enviados ao consulado em Brasília-DF, único no Brasil,  e o primeiro Ítem é o formulário, que esta no site da Embaixada para ser baixado, preenchido no computador, impresso e assinado, não se pode preencher o formulário a caneta, a não ser algum campo que realmente não tenha como preencher no computador, uma outra curiosidade neste formulário é em relação ao visto de negócios que não tem este campo para ser preenchido, pode ser colocado a caneta, segundo informações do próprio consulado.
Vamos então aos procedimentos para preencher o formulário do visto para o Irã.
1 - Baixe o formulário do site :
2 - Salve no computador :
Este formulário vai está no final da página, basta clicar nele que este começa o Dowland
3-  Preencher o formulário no computador
Este é o formulário, preencha todos os campos
Campos que devem ser preenchido

Mais um quadro a ser preenchido 
Penúltimo quadro do formulário a ser preenchido
Adicionar legenda
Estas são as  as informações necessárias para preencher adequadamente o formulário para solicitar o visto do Irã, no ano de 2017, pode haver mudanças neste processo a qualquer momento, sendo necessário o turista entrar em contato com a embaixada e solicitar informações atualizadas, se houver alguma mudança no processo do visto, mas normalmente quando tem mudança a embaixada atualiza as informações no site, basta entrar e verificar. Uma outra informação é o seguinte, nacionalidades diferentes da Brasileira tem valor diferente para a taxa consular, necessita obter este valor ligando para a embaixada ou enviando um email.
Gostou do post? Deixe seu comentário, envie nos uma mensagem com suas dúvidas na página CONTATOS, que teremos o maior prazer em responde-las, a nossa maior satisfação é poder mostrar um outro lado da pérsia que muitos não tem a oportunidade de conhecer.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Os iranianos são os povos mais amigáveis do mundo?


Esta pergunta tem sido feita por muitos turistas, pessoas que de alguma forma já ouviram falar da pérsia antiga.
Mas neste post o assunto é retratar ou confirmar isso através das palavras do Sr. HENRIK JEPPESEN, um dos viajantes mais  famosos do mundo que consegui percorrer todos os países antes de completar 30 anos de idade, e esta façanha foi realizada graças as várias qualidades que este jovem tem desde nascença, onde pode-se mencionar, aventureiro, sonhador, guerreiro e um grande empreendedor.
Essa história de conhecer o mundo todo, ocorreu na infância, e este sonho foi amadurecendo com o tempo, muitos foram os obstáculos, mas consegui realizar o seu grande desejo.
Mediante isso, apareceu uma curiosidade, se este rapaz viajou todos os países, com certeza o Irã foi catalogado em seu mapa. Entramos em contato com ele o qual foi muito simpático e rápido a nos responder. Fez-se dez questões sobre o Irã, foi perguntado, se ele gostou do país, o que ele achou da cultura entre outras.
Particularmente o espanto veio quando ele nos respondeu, não relatando sobre as nossas perguntas pois estava muito ocupado no momento entre tantos trabalhos. Mas nos permitiu transcrever suas palavras, desde que cite a fonte. Agradecemos grandemente ao HENRIK JEPPESEN, por sua permissão.   Vamos as suas palaras.
 Estou desfrutando de uma vista fantástica no Inter Continental Sydney enquanto estou olhando para trás na minha recente viagem ao Irão que excedeu todas as expectativas.

 O Irã é um país bastante fácil de visitar. Tudo o que você precisa fazer é obter um código de visto de um dos operadores turísticos locais. Demora apenas alguns dias, e eu posso altamente recomendar Touran Zamin. Eles vão enviar-lhe uma carta que lhe dá acesso ao visto na chegada no aeroporto de Teerã, onde eu paguei 50 Euros para um visto de 30 dias.

Eu esperava encontrar um ônibus para me levar para a cidade de Teerã, mas, infelizmente, os táxis eram a única opção. 20 euros seria muito acima do meu orçamento diário, então eu decidi pegar carona como eu já fiz muitas vezes antes. Com base no fato de outros viajantes tinha feito o mesmo com sucesso, eu me senti bastante seguro ao fazê-lo. O primeiro carro pediu dinheiro para me levar para Teerã, então eu pedi desculpas e esperei para o próximo carro. Ele estava indo para Teerã, e acabou me levando era um professor de Inglês que me levou direto para o meu hotel depois de uma conversa de quase duas horas devido ao tráfego.
Durante minha visita de cinco dias a Teerã, conheci algumas das pessoas mais amigáveis ​​do mundo. Todas as pessoas que eu tinha interação estavam felizes em ajudar um estranho. É assim em muitos países, mas os iranianos se esforçam para ajudá-lo. Se eu perguntava como chegar a um lugar específico, me perguntavam se eu tinha dinheiro suficiente para um táxi. E iam oferecendo passeios, e oferecendo alimentos e lanches em , um curta rua de Teerã. Eu fiz muitas viagens em ônibus, metrô e trens, onde as pessoas perguntavam se poderiam me ajudar. Eu não vi um único turista durante a minha visita a Teerã. Apenas os moradores e esse fato me fazia sentir muito especial.
Não há hotéis de luxo em Teerã, mas me hospedei em dois dos melhores hotéis. Hotel Niloo e Tooba Hotel, confortáveis ​​e com acesso Wi-Fi gratuito.


 Minha estadia no Irã foi limitada a capital  Teerã, mas o país tem muito mais para ver. O governo iraniano tem grandes ambições para o turismo, e agora é um momento perfeito para visitar antes que possa ficar invadido por turistas. Com base na minha experiência certamente merece ser que, talvez mais do que qualquer outro país. As pessoas são algumas das mais hospitaleiras do mundo.
OBS
Acima tem palavras ditas pelo viajante, sendo de sua responsabilidade a realidade dos fatos, pode-se também que alguma coisa tenha mudado desde a sua visita ao país, nossa intenção aqui é mostrar o relato de uma das pessoas que mais viajaram, sendo conhecedor de todos os países reconhecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas).
Fonte

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Visto para o Irã 2017

Para se solicitar um visto, existe uma lista de documentos a serem seguidas, todos os consulados publicam em suas páginas as informações necessárias para a obtenção do visto, cabe ao solicitante buscar estas informações e segui-las a risca, pois a falta de um documento pode ocasionar a negação ou a demora deste serviço.
É normal também que todo ano possa haver alteração na quantidade de documentos exigidos pelos consulados, alguns documentos são extintos outros são acrescentados a lista.
O visto para o Irã até o presente momento, não houve alteração na lista dos documentos. Mas a modificação pode acontecer a qualquer momento, sem aviso prévio por parte do consulado, o solicitante deve entrar no site para verificar se continua a mesma documentação, se por ventura ainda estiver dúvida o bom mesmo é ligar na Embaixada.

Documentação necessária

Para solicitar o visto para o Irã em 2017, o solicitante vai ter que enviar ao consulado os seguintes documentos:
1. Formulário de visto preenchido; Deve ser preenchido no computador impresso e assinado, não pode ser preenchido manualmente.
2. 2 (duas) fotos 3x4 recentes, com o nome completo escrito no verso e coladas no formulário;
3. Passaporte Válido;
4. Comprovante de pagamento original da taxa consular;
5. Número do visto enviado do Irã;
6. Atestado de Saúde indicando ausência de doenças tais como Malária, Dengue, Febre Amarela e HIV.
Estes são os documentos exigidos para a emissão do visto no consulado em Brasília-DF, o único no Brasil.
Se os documentos estiverem certos, segundo o consulado o visto pode demorar de 10 a 15 dias para ser emitido.
Não existe complicação para conseguir o visto para o Irã, se considera um dos mais fáceis de se conseguir.
Existem duas formas de conseguir o visto para o Irã, a primeira é solicitar o visto em Brasília, seguindo os procedimentos listados acima, e o segundo é solicitar o visto na chegada nos aeroportos, sendo que no site da Embaixada não tem informações sobre os documentos a serem solicitados pela imigração, tem somente que o turista vai pagar uma taxa de 80 euros.
Mas o consulado tanto iraniano, como o Brasileiro situado em Teerã-Irã, aconselha os turistas já irem com visto, por mais que este seja concedido nos aeroportos. 

Tipos de visto
A escolha do visto vai depender do assunto que o cidadão vai tratar em sua viagem, os principais visto expedidos pelo consulado iraniano são
Turismo: Pode ser definido como as atividades que as pessoas realizam durante suas viagens e permanência em lugares distintos dos que vivem, por um período de tempo inferior a um ano consecutivo, com fins de lazer.
Negócios: Utilizado por pessoas que vão visitar empresas ou tratarem sobre assuntos referentes aos vários assuntos empresariais. Entrada: É utilizado quando uma pessoa necessita entrar em um país somente para fazer uma mudança de voou.
Existem outros mais os mais comuns são estes. Abaixo a lista dos vistos expedidos pelo consulado iraniano e suas respectivas taxas.
Existem muitos tipos de visto, sendo o de turismo o mais comum, que utilizado para conhecer os locais turístico de um país. 
O valor do visto de turismo para o Irã esta custando R$ 270,00 (Reais), os quais devem serem depositados na conta da Embaixada, este valor não será reembolsável caso o visto for negado, mas raramente isso vem a acontece. Paga-se também uma taxa de R$ 63,00 (Reais), referente a taxa dos correios que podem serem depositados junto a taxa consular. 
Fonte 
Embaixada do Irã em Brasília
parstoday
wikipedia

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

NOTA DE AGRADECIMENTO

Agradecimento ao Blog Chá de Lima da Pérsia 
Neste post rápido e curto, direcionamos nossa atenção sobre uma palavra que pode ter vários significados mas com certeza um destes será bem colocado se olharmos do lado certo da moeda, fala-se aqui de ‘colaborador’.
Como sempre se comenta aqui no Blog que, coletar informações sobre o Irã é assemelhar-se aos garimpeiros, que usam grandes bacias para peneirar pequenas fagulhas de ouro.
E desta forma os conhecimentos sobre certas culturas no Brasil são realmente difíceis, e existem muitas explicações lógicas para isso, e uma delas é o fato do Brasil se encontrar isolado no continente, somos uma nação que não nos envolvemos tanto com outros países, um exemplo interessante são os nossos vizinhos, poucos são os brasileiros que conhecem ou arriscam fazer um tour pelos países da américa do sul, sendo uma exceção a Argentina que, chama muito a atenção dos verde amarelos.
Quando se fala do Irã, aí sim, nos perdemos em muitas controvérsias, pois muitos por não conhecer a cultura, a história e legado desta nação, esbanjam opiniões das mais complicadas possível.
 ‘Lá tem terrorismo’
 ‘Lá tem isso, aquilo’
Não é assim, estas informações que aparecem por aí, segue aquele ditado, ‘Julgar o livro pela capa’. O Irã, é um país super tranquilo, não tem guerra, não tem terrorismo, as pessoas podem andar na rua altas horas da noite e não serão assaltadas. O Irã é um dos principais países do Oriente Médio, tendo sua economia estruturada e potente graça a produção de petróleo, outros países da região. Por mais que tenha enfrentado muitas dificuldades nas ultimas décadas, em razão das sanções econômicas, este país tem se superado em buscar alternativas para se sobressair desta situação.
O que se pode acrescentar aqui é que o Irã tem um grande potencial, e isso pode ser notado nos tratados assinado com grandes potencias europeias em vários campos empresariais.
E neste contexto, voltamos a palavra colaborador, segundo o dicionário pode-se entender que significa pessoa que produz um trabalho em conjunto com outra, ou se interessa pela opinião de terceiro. 
E existe no Brasil, um Blog bem interessante que trás em si estas qualidades. Sendo uma biblioteca virtual em português, repleto de informações sobre o Irã. Fala-se aqui do Cháde Lima da Pérsia, que está completando 5 anos, o que se chama a atenção no blog é o design, em primeiro lugar, e um outro fator preponderante é a exatidão das informações disponibilizadas.
O colinas do Iran tem o privilégio de acompanhar o trabalho da Janaína Elias, uma artistas inigualável, sendo dedicada, esforçada e lógico talentosa, por que talento faz a diferença.
E agradecemos por ter publicado nossas palavras em seu post de aniversário do Blog, nós desejamos sucesso e que o trabalho desenvolvido, possa de alguma forma, ir além do que informar, mas conscientizar as pessoas de que, o verdadeiro conhecimento vem através do censo de comparar o verídico do fantasioso, nebuloso.

Nosso depoimento sobre o aniversário do Blog
Chá de Lima da Pérsia

Ser verídico é isso, mostrar o puder da transformação através do conhecimento. Ser verídico é isso, mostrar o puder da transformação através do conhecimento. Mas uma vez obrigado ao Chá de Lima da Pérsia por publicar nossas palavras as quais tem como finalidade, informar aos leitores da melhor forma possíveis para que eles mesmos possam tirarem suas próprias conclusões.
Fonte
https://chadelimadapersia.blogspot.com.br

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

PERSPECTIVAS DO TURISMO 2017

Dois mil e dezessete chegou, um ano que trás consigo uma grande responsabilidade de mudar o panorama difícil que foi o ano passado. Dificuldade foi marcado em todos os aspectos, econômicos principalmente, e levando em consideração a nação brasileira, o campo politico não foi um dos melhores. Mas a certeza é que, espera-se que este ano possa-se alcançar um resultado animador, é isso que se espera.
Falando em coisa animadora, a Organização Mundial do Turismo (OMT), publicou que, o turismo mundial cresceu 4% em 2016 apesar das várias noticias sobre atentados em países tidos como grandes atrativos turísticos.
O número de turistas viajando pelo mundo em 2016 foi cerca de 1,235 bilhão, segundo o relatório 46 milhões a mais do que o ano anterior. Este resultado é animador a medida em que é o sétimo ano consecutivo de crescimento desde 2009, após a crise financeira mundial.

Um dado importante nesta publicação é destinado para a América do Sul, que teve um aumento no turismo de 6,3%, aos poucos países desta região começam a chamar a atenção de povos de outros continentes.
Segundo o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, o turismo teve uma força muito grande, tendo resistência aos rumores de terrorismo em várias regiões, não deixando isso prejudicar o resultado animador agariado este ano.
Só por conhecimento, a  região mais visitada, com 620 milhões de turistas foi a Europa, mesmo com os temores pela segurança em alguns países europeus.
Para 2017, os números são otimistas, futuramente a OMT, atualizará a lista dos países mais visitados em 2016, mas em relação aos dados de 2015, a organização afirma que o país número 1 mais visitados foi a França, ficando em 2 lugar os Estados Unidos e Espanha, não haverá muita mudança neste ranking, segundo estimativas da OMT.
Segundo pesquisas, o Irã teve um salto muito grande no número de turistas em 2016, sendo escolhido o destino favorito. Peritos da indústria, selecionaram o Irã entre os destinos mais almejados do mundo.

Um site Belga La Livre identificou o país persa como um dos países que tem uma grande quantidade de atrações turísticas, confirmado também em publicações especializadas no ramo como a National Geographic, Lonely Planet e Afar.
O relatório aponta 19 pontos turísticos especiais que tem cadastro na lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Os bons resultados, foram obtidos graças ao acordo histórico obtido em julho com a retirada de partes das sanções econômicas e estas medidas tem levado empresários internacionais e líderes empresariais, a buscarem novas oportunidades de negócios em um país que possui quase 80 milhões de pessoas.
As autoridades iranianas ligadas ao turismo, tem a certeza que as metas de crescimento serão alcançadas passando de cinco milhões de turistas em 2014 para mais de 20 milhões em 2025. Outro fato interessante nesta história é em relação ao Grupo de Hotéis Accor francês o qual tem investido muito dinheiro no país, pois este possui em media 1500 hotéis mas estes não são suficientes para receber o numero crescente de estrangeiros que visitaram a nação persa futuramente.
A estrutura hoteleira do Irã tendo em vista este crescimento repentino necessita desenvolver a construção de novos hotéis, e o grupo Frances assinou acordo, para a construção de dois grandes hotéis próximos ao Aeroporto Internacional Imam Khomeini em Teerã. Segundo autoridades iranianas o país planeja gerar até US $ 30 bilhões em receitas anuais do turismo em 2025.
Deve-se mencionar que a facilidade de emissão do visto nos aeroportos do Irã, também tem contribuído a visita de muitas pessoas com diferentes nacionalidades.
Autoridades iranianas dizem que o país planeja gerar até US $ 30 bilhões em receitas anuais do turismo em 2025.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

FELIZ 2017

O Ano novo está chegando, e com ele, a esperança de um futuro promissor para todos. Que este próximo ano, possa encobrir para sempre o passado, por que muitas foram as dificuldades que o povo Brasileiro enfrentou, muitos fatos marcantes na história do país, sendo de caráter comprometedor para o desenvolvimento da economia, que sem rumo, navegou em mares desconhecidos por doze longos meses.
Mas vale lembrar que o Brasil é uma nação que não se entrega facilmente, aos poucos ergue-se com o nascer da aurora um novo tempo, um novo dia uma nova oportunidade de fazer bem feito. Com certeza, aprende-se com os erros e estes servem simplesmente para mostrar a melhor direção a seguir.
Neste último post de 2016, a certeza é de que, fez-se o possível para se atingir o melhor resultado, e cada ano ver-se um crescimento significativo no acesso ao colinas, blog que nasceu com a finalidade de ajudar os brasileiros com informações sobre a cultura persa e também sobre o visto para o Irã,  país que a cada ano tem atraído muitos turistas brasileiros, e também empresários que atraídos com a facilidade de investimento, buscam áreas seguras para investir, e com metade das sanções econômicas rebaixadas, o Irã torna-se terra fértil para grandes relações comerciais com empresas brasileiras.
Através de seus sites governamentais observar-se que o Irã está disposto a firmar parcerias comerciais com muitos países ao redor do mundo e em especial com o Brasil, que tem recebido ao longo deste ano comitivas ligadas aos negócios, afim de cada vez mais facilitar a negociação ou destravar de vez a burocracia que surrupiam o engajamento eficaz para o desenvolvimento mutuo entre ambos.
A certeza de bons negócios com Irã, tem atraído a atenção de empresa de ponta em vários segmentos, entre elas a fabricante brasileira de aviões, Embraer e outas ligadas a fabricação de ônibus e caminhões, sem falar as empresas ligadas ao petróleo que enviam seus técnicos para trabalharem na manutenção de seus pontos de produção.
Dois mil e dezessete, chega com a responsabilidade de concretizar os desejos de muita gente, aos quais por vários motivos não puderam alcançar em dois mil e dezesseis, mas no final das contas, o que vale mesmo é a esperança de que o novo ano traga muitas realizações, saúde, alegrias e bons negócios, e com estes atributos juntos, as engrenagens da prosperidade possam trabalharem juntas e da melhor forma, chegando assim ao mesmo denominador comum, sucesso, realizações e certeza de que tudo possa dar certo neste ano.


Agradecemos aos visitantes neste blog, pois sem vocês nosso trabalho não teria sentido, e que neste próximo ano possamos alcançar, todos os objetivos planejado que por algum motivo não se realizou em 2016. Feliz festas, feliz ano novo, feliz 2017. 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

10ª Exposição Internacional de Turismo de Teerã

Após partes das sanções internacionais serem retiras sobre o Irã, este aproveita a oportunidade para abrir suas portas ao turismo e atrair milhares de visitantes todos os anos, ofertando itinerários a cidades milenares como também estações de esqui e imensos desertos.
E o que se nota neste contexto é o aumento a cada dia de turistas se aventurando a descobrir um dos países que a reputação internacional chega a ser considerada nebulosa, mas esta concepção começou a mudar a medida em que Teerã assinou em julho de 2015 um acordo com as grandes potências.
O Irã possui cerca de 80 milhões de habitantes os quais abrem suas portas afim de aceitarem turistas do mundo todo, estes tem uma grande curiosidade de conhecer muitas cidades históricas, podendo se enumerar aqui Isfahan, Shiraz e Yazd.
O governo acredita que a indústria do turismo é essencial compensar a queda dos preços do petróleo e limitar no futuro a dependência do produto, autoridades governamentais pretendem receber 20 milhões de turistas por em 2025, multiplicando por cinco as receitas anuais de divisas conseguindo assim chegar a um nível de 30 bilhões de dólares. 
Segundo estatísticas o objetivo é animado, pois só nos nove primeiros meses de seu calendário lunar, o Irã recebeu 4,16 milhões de visitantes, um aumento de 5% segundo dados da organização nacional do turismo do país. Outro dado importante é que 70% e 80% destes turistas vem de países vizinhos.


















Mas existe um crescente mercado de turistas ocidentais, levando autoridades iranianas a investirem em construções de novos hotéis e a ampliação de outros já existentes, sem falar no preparo de profissionais para atender este publico cada vez mais grande no Irã.
Para fortalecer o setor turístico, ocorrerá em Teerã a capital do país, a 10ª Exposição de Turismo entre os dias 06 e 09 de 2017, onde já tem até um relógio contando o tempo para o evento, no site pode se ter mais informações:
- Sobre a Exposição;
- Participação: Nesta página tem o formulário de participação como também a página de agentes;
- Termos e Condições;
- Galeria;
- Entre em contato.
Estas páginas servem de guia para as empresas e pessoas interessadas em participarem do evento.
Mas o principal foto realmente é em relação ao turismo, o participante terá a oportunidade de analisar em dois leques ,TURISMO e SERVIÇO PARA HOTEL, que se subdividem com muitas informações, veja abaixo a subdivisão de alguns deles, os quais são muitas, confira no próprio site a lista completa.
TURISMO
- Viagem e Turismo
- Linhas aéreas, linhas marítimas e linhas de estrada de trilho de parques  diversões, Bancos e Seguros de Serviços de Cidades e Regiões Turismo Boards;
- Turismo ecológico
- Artesanato e Artes
Turismo operadores
SERVIÇO DE HOTEL
- Todos os tipos de prata, porcelana, aço, colheres, garfos, facas;
- Sistemas de iluminação
- Cortinas, cobertores, toalhas, roupas de cama;
- Tapetes;
- Papéis de parede;
- Cozinhas industriais.
Do ponto de vista do turismo, o Irã se destaca a media que possui duas caracterizam importantes e únicas. Sendo a primeira a localização geográfica excepcional, e a segunda característica são as suas atrações turísticas fabulosas.