Translate

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

CINCO CURIOSIDADES INCRÍVEIS SOBRE OS IRANIANOS

Praça de Isfahan
Muitos brasileiros e outras pessoas mundo a fora não conhecem bem o Irã, para os brasileiros, a falta de conhecimento é por causa da distancia entre os continentes. Mas este conceito até que está mudando ultimamente, muitos verdes amarelos, estão descobrindo as terras persas para fazer turismo cultural.
E quando o assunto é turismo, realmente vêm àquelas velhas perguntas, que todo mundo faz ao planejar a viagem dos sonhos.
Para qual país eu vou?
O país é seguro?
Quais os problemas deste país?
São muitas as questões envolvidas até a decisão final. Mas quando o assunto é viajar para o Irã, multiplica as perguntas ao quadrado, pois são inúmeras questões levantadas pelo viajante.
Mas neste post vamos adiantar que o Irã é muito seguro para se fazer uma viagem, ultimamente o visto, que é uma parte muito importante da viagem, pode ser obtido de duas formas.
1 – Pode-se conseguir o visto no consulado em Brasília, onde demora de 10 a 15 dias para ficar pronto.
2- O visto pode ser tirado na chegada, nos principais aeroportos, a documentação necessária para conseguir este visto, é somente o passaporte e o pagamento da taxa consular de 80 euros, isso para visto de turismo e para passaporte brasileiro, para outras nacionalidades, deve-se verificar os tramites necessários no site da Embaixada.
Mas voltando ao que realmente estamos falando que são as cinco curiosidades incríveis sobre os iranianos.
1-      Os iranianos gostam muito do Brasil
A prova mais visível deste enunciado é a quantidade de cidadãos iranianos que escolhem o Brasil para viajar em suas férias de trabalho.
2-      Os iranianos são mulçumanos
Por serem desta religião, eles não comem carne vermelha em qualquer restaurante, pois a carne por eles consumida são conhecidas por halal, onde segundo o Alcorão, livro sagrado da religião islâmica, o alimento é considerado halal (permitido para consumo), quando obtido de acordo com os preceitos e as normas ditadas pelo Alcorão Sagrado e pela Jurisprudência Islâmica. Esses alimentos não podem conter ingredientes proibidos.
Traduzindo para o português conhecido, para que uma carne possa ser considerada Halal, o animal tem que ser morto sendo este direcionado para certa região dos polos da terra, e também é feito uma reza ou oração na hora do abate, isso é o que melhor nos explica o termo HALAL.
3-      Os iranianos são extremamente pontuais
Quem conhece um iraniano sabem muito bem que esta afirmativa é correta, eles são muito pontuais em seus compromissos. Talvez isso tenha a ver com a forma que são criados, onde o respeito e a sabedoria são muito valorizados nesta cultura.
4-      Gostam muito de Matemática
As pessoas desta nacionalidade gostam muito dos números, é comum se deparar com um iraniano que é professor de matemática, física, química, engenheiro e outras profissões que trabalha com números. Se existe uma praia para os iranianos esta praia se chama matemática.
5-      São econômicos
Este povo é muito parecido com os brasileiros de Minas Gerais, que são muito econômicos, entende-se como uma pessoa econômica, àquela que, procura sempre manter-se informada a respeito de onde comprar mais barato, como supermercado, lojas, saldão, aquele que diz “sou bem povão mesmo’, não vai atrás de etiqueta, se a pessoa se sente bem com uma roupa, por exemplo, pode ser comprada em qualquer lugar. Em casa, esta pessoa econômica vai economizar muito na energia elétrica, sempre que vai cozinhar, já pega-se tudo que precisa antes na geladeira, pra não ficar naquele abre e fecha. Quando o assunto é água, só escovar os dentes com a torneira fechada, enfim, gosta realmente  mesmo de controlar os gastos.
Esta é a quinta curiosidade incrível dos iranianos, esperamos que goste e agradecemos pela leitura. 

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

DIA DAS CRIANÇAS - NOSSOS HERÓIS

12 de Outubro – Dia das Crianças

O Dia das Crianças é celebrado no Brasil todo dia 12 de outubro desde 1924, após ter sido aprovado um projeto de autoria do deputado Galdino do Valle Filho.
O mundo passa por grandes problemas notáveis em muitas áreas, são tantos o bom mesmo é não assistir jornais de forma alguma.
Mas em meio a tantas desilusões eis podemos nos maravilhar com notícias legais e alegres, fala-se do dia das crianças, esta data tão especial na vida da sociedade atual, onde tenta de muitas formas fazer deste dia o melhor para os baixinhos.
Criança é criança em toda parte do mundo, e as festas em comemoração se diferencia de país para país. Mas no geral a ordem é divertir e divertir. Ver a felicidade no rosto das crianças não tem preço, elas fazem a festa e não pede permissão para ninguém. 
No Brasil esta data  é comemorado, desde o ano de 1924, sendo um dos primeiros países a ter uma data especialmente dedicada às crianças, antes de a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) estabelecer um Dia Internacional para o mesmo tema em 1959.
Este mundo todo alegre 

Muitos especialistas em história da infância, como o historiador francês Philippe Ariès, asseguram que o conceito de infância, ou criança, tal como o concebemos hoje, foi socialmente construído a partir do século XVIII. No século XVIII, as primeiras teses acerca da pedagogia moderna – como as de Jean-Jacques Rousseau, elaboradas em sua obra Emílio, ou Da Educação – começaram a pensar a criança de acordo com as singularidades físicas, cognitivas e sociais que ela apresenta. Nesse sentido, pautas como o desenvolvimento da estrutura corporal e do aprendizado escolar de acordo com a idade começaram a entrar nas discussões políticas, sobretudo após a Revolução Francesa.
A imaginação das crianças ultrapassa barreiras
As legislações dos Estados Nacionais do século XIX, aparadas nas ideias liberais herdadas do Iluminismo e da Revolução Francesa, solidificaram essa nova concepção de infância. Os cuidados com a criança passaram a ser função não apenas de seu núcleo familiar, mas também do Estado. Com a crise social deflagrada pela Primeira Guerra Mundial – que deixou milhares de crianças órfãs e abandonadas –, as reflexões sobre a infância tornaram-se ainda mais relevantes e incisivas. Foi nesse contexto que muitos países começaram a realizar congressos dedicados à criança.
A cidade do Rio de Janeiro (então capital do Brasil), em 1923, sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. Nessa época, o país era governado por Arthur Bernardes. Um dos deputados federais da época, chamado de Galdino do Valle Filho, valendo-se da atmosfera reflexiva que o congresso deixara na capital, elaborou, no ano seguinte (1924), um projeto que objetivava a criação de um dia nacional dedicado à criança. Sua proposta era a de que esse dia fosse 12 de outubro.
Com pequenas peças elas fazem grande festa
O projeto de Galdino foi aprovado, e o presidente Arthur Bernardes oficializou o Dia da Criança por meio do Decreto n. 4867, de 05 de novembro de 1924. Entretanto, a data não suscitou de imediato a aclamação popular. Seriam necessários cerca de 30 anos para que o Dia das Crianças entrasse no “gosto do povo” no Brasil. Isso aconteceu a partir de 1955, quando a marca Estrela, de fabricação de brinquedos, deu início a uma campanha nacional para a venda de seus produtos intitulada “Semana do Bebê Robusto”. 
Um caminho cheio de aventuras 
A campanha consistia em valer-se do Dia da Criança como mote de vendas. Dez anos depois, em 1965, foi a vez da empresa Johnson & Johnson dedicar-se ao mesmo tipo de projeto, com a campanha “Bebê Johnson 65”. A partir de então, o Dia da Criança, que havia sido criado em 1924, passou a ser disseminado em todo o território do país.
Está aí um pouco de história do dia das crianças, que elas possam a cada dia terem melhores oportunidade. VIVA AS CRIANÇAS.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

OUTUBRO ROSA MOVIMENTO MUNDIAL

Para fazer nossa contribuição nesta campanha nos envolvemos neste mês com o assunto do momento, onde mostra a importância de todas as mulheres em participar da campanha.
O mês de Outubro foi escolhido como uma data especial para o combate ao câncer de mama. Um movimento mundial que vem aumentando a cada ano, onde visa chamar a tenção para a realidade atual desta doença que e a importância do diagnóstico precoce. Aqui estão reunidas desde as primeiras iniciativas, até as que atualmente manifestam-se no mundo. 
O objetivo aqui é divulgar, de modo simples e verdadeiro, todas as contribuições de vários segmentos da sociedade em relação a esta ação mundial, que embeleza com seu tom rosa, nas mais diversas nuances, monumentos e locais históricos, no sentido de nos mostrar, de modo belo e feminino, a importância da luta contra o câncer que mais mata mulheres em todo o mundo.
O importante é, na realidade, focar este sério assunto nos 12 meses do ano, já que a doença é implacável e se faz presente não só no mês de outubro. No entanto, este mês é representativo para a causa, tornando-se especial e destacado dos demais. 
Ninguém é dono desta iniciativa. Simplesmente desejamos contar a história como ela é, respeitando aqueles que, muitas vezes de modo anônimo, prestaram a sua homenagem e manifestaram seu acolhimento à causa.
Sendo um assunto mundial, abraçamos esta causa em favor de todas as mulheres que tem sofrido muito com este mal que ataca muitas mundo afora. 

INAUGURAÇÃO DO NOSSO CANAL NO YOUTUBE




Hoje em dia é quase impossível conhecer alguém que nunca viu falar do YouTube, que é uma plataforma de distribuição digital de vídeos. Sua história inicia no ano de 2005, no mês de fevereiro por três pessoas pioneiras neste segmento.
Esta curta introdução sobre esta plataforma de vídeos é para anunciar a todos os leitores que o criador do Colinas do Iran tem um canal, onde por meio deste é postado vídeos com diferentes assuntos desde informações sobre reportagens do Irã, como uma recente que foi ao ar na Rede Globo de televisão, mostrando o Império persa e suas riquezas , como também assuntos de várias natureza desde vídeos engraçados, de conhecimentos e cultura entre outros.
Este espaço serve para de uma formo ou de outra, ter sempre o leitor mais perto de nossos trabalhos. Pois o blog tem alçado uma quantidade grande de leitores, que busca informações sobre como tirar o visto para o Irã. Buscamos a cada post, mostrar os melhores caminhos para que o viajante possa tirar o visto da melhor forma possível para o Irã.
O país persa a cada ano tem sido destino certo de muitos brasileiros que almejam conhecer uma terra cheia de tesouros antigos e uma cultura milenar.
Através do canal no Youtube, vamos fazer com que mais pessoas conheçam este país pelo melhor angulo, onde muitas vezes não é mostrado. 
Então você que nos acompanha de muito tempo, está convidado a entra no nosso canal, se inscrever e dar a sua opinião sobre o que gostaria de ver e assistir. Fiaremos felizes em termos vocês em nossa companhia. Através de nossos videos, tentaremos mostrar o melhor e mais interessante sobre o país dos grandes reis da história como - Ciro - primeiro rei, Artaxerxes - segundo rei, Artaxerxes – quarto rei e o tão famoso Alexandre o Grande.
E para inaugurar este espaço postamos um vídeo sobre os 5 principais reis da Pérsia antiga, vale a pena curtir.


terça-feira, 5 de setembro de 2017

O Irã é 3ª seleção classificada para a Copa de 2018

 
Com característica surpreendente a Seleção Iraniana é o terceiro time classificado para a Copa do Mundo de 2018. O resultado veio da vitória sobre o Uzbequistão, por 2 x 0. 
O Irã é o terceiro time classificado para a Copa do Mundo de 2018. O resultado veio pela oitava rodada do Grupo A das eliminatórias asiáticas. Com este feito o Irã se junta com Brasil e Rússia, país-sede, fica restando apenas 29 vagas.
O destaque da seleção persa é o atacante Sardar Azmoun, do Rostov (Rússia), uma das maiores promessas do país.
O ponto chave da seleção é a defesa, onde em oito partidas na fase final das eliminatórias o time não sofreu nem um gol.
A classificação do Irã foi bem visto pelos Russos, pois politicamente ambos os países mantem boas relações, em uma pesquisa realizada pela BBC, mostrou que 86% dos russos ver nos iranianos muitos pontos positivos.
O time atual, praticamente a maioria dos jogadores são desconhecidos do público, o treinador é o Português Carlos Queiroz, ex-comandante do Real Madrid e das seleções de Portugal e África Sul.
Como em todo time tem um artilheiro, o da seleção persa fica a cargo do Reza Ghoochannejhad (29). Historicamente, a seleção Iraniana participa da quinta vez na Copa do Mundo, é tricampeã asiática e uma das grandes forças do continente, mas para o mundial luta bastante para conseguir os resultados esperados, a equipe nunca passou da fase de grupos, em sua participação foram 12 jogos, com uma vitória, três empates e oito derrotas.
Uma de suas façanhas em Copas veio na França – 1998, vencendo por 2 x 1 os Estados Unidos, gols feitos por Hamid Estili e Mehdi Mahdavikia.
Na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, o Irã, ficou na lanterna do Grupo F, com apenas um ponto.
O time empatou sem gols com a Nigéria, em Curitiba, num dos piores jogos da competição; levou 1 x 0 da Argentina, em Belo Horizonte, segurando o placar em branco até os 46 minutos do segundo tempo; e perdeu de 3 x 1 para a já eliminada Bósnia, em Salvador.
Em 2018, na Copa da Rússia, o Irã será um dos possíveis adversários do Brasil. Os times só se enfrentaram uma vez na história, num amistoso em outubro de 2010. A Seleção ganhou de 3 x 0, com gols de Daniel Alves, Alexandre Pato e Nilmar.
As eliminatórias asiáticas estão na terceira fase. São dois grupos com cinco times; os dois primeiros garantem vaga, os terceiros colocados se enfrentam por uma última vaga.
No Grupo A, a disputa segue entre Coreia do Sul (13 pontos), Uzbequistão (12), Síria (8) e China (5). No Grupo B, estão vivos Japão (16), Arábia Saudita (16), Austrália (16) e Emirados Árabes Unidos (9).
O próximo time a confirmar a vaga na Copa de 2018 deve ser o México, que abriu oito pontos de vantagem a quatro rodadas do fim das eliminatórias das Américas do Norte e Central. Na América do Sul, sete seleções ainda têm chances.
Na Europa, as situações mais confortáveis são as de Alemanha, Polônia e Bélgica. A disputa na África começou recentemente. Na Oceania, a vaga ficará entre Nova Zelândia, Taiti, Ilhas Salomão e Papua Nova Guiné.

Hoje, 05 de setembro a bola vai rolar em Teerã, a Seleção Persa enfrentará a seleção da Síria, uma revelação da competição, chega mostrando que o país está lutando para mudar a história de seis anos de terror que tem dominado e afetado milhões de pessoas naquele país.
Fonte:http://www.df.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/futebol-internacional/2017/06/12/noticia_futebol_internacional,61864/ira-classificado-copa-do-mundo.shtml

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

GLOBO REPORTER NO IRÃ

O Globo Repórter desta sexta (01) de setembro entra num dos países com maior cultura antiga do mundo.
As reportagens especiais no Irã, terá dois capítulos em um dos programas mais assistido, no final de semana na televisão aberta brasileira.
As reportagens mostrarão um Irã diferente do que a mídia costuma a mostrar, em poucas vezes televisões brasileiras tiveram o privilegio de mostrar toda a magia que encanta os vários viajantes que vão conhecer os segredos do mundo persa.
Mostrará também o quanto o povo é alegre e hospitaleiro, que adora conversar com os estrangeiros.
Quem assistir ao programa verá o museu que guarda as mais valiosas joias da Terra. Ouro, diamantes, pedras preciosas.
Um irã moderno com paisagens urbanas de encher os olhos que sempre tem belos jardins sempre floridos, os monumentos também são outros motivos impressionantes  para os turistas. Existem também outro costume incrível dos iranianos são os pic-nics ao ar livre.
Ana Maria teve a oportunidade de visitar o deserto onde é marcado uma das temperaturas mais altas da terra: 70 graus. Conheceu grupos de pessoas nômades, pessoas que até hoje vivem como antigamente, vagando no deserto, planícies e montanhas onde cuidam de seus rebanhos.
Para o expectador, o programa vai mostrar ainda, a cidade de Pasárgada, uma cidade histórica, tem também Persépolis, uma cidade antiga joia da antiguidade.
Como já mencionado, serão dois episódios  especiais mostrando o que o Irã tem de melhor, cultura milenar, pessoas que gostam muito de conversar com os turistas.
Serão dois programas incríveis com um único propósito, mostrar uma aventura inesquecível.
Então não esquece, começa nesta sexta-feira, 01 de setembro e continua na próxima, bom programa e divirta-se. 

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

VISTO PARA O IRÃ NOVOS PROCEDIMENTOS


Para começar este post vamos ver uma descrição encontrada na internet sobre o visto para o Irã.
"Vistos para o Irã nunca foram os mais simples, mas o processo está mais difícil agora do que nunca. Antes de você começar a pensar sobre o seu pedido de visto, você vai precisar obter um código de autorização."
Vamos analisar o exposto pelo site, na internet podemos achar muita coisa verdadeira, mas tem outras que temos a obrigação de pesquisar as verdadeiras fontes das informações.
Mas realmente o que está escrito no pequeno texto acima, existe certas veracidades nas informações, pois realmente o visto para o Irã tem suas dificuldades, mas com certeza tem outros por aí bem mais complexos para se obter.
A primeira barreira do visto iraniano realmente é o número de autorização que o turista tem que solicita junto Ministério das relações Exteriores do Irã.
Em anos anteriores, realmente o visto para o Irã se caracterizava como um dos mais difíceis, mas atualmente está muito simples a emissão, se já estiver com o número de autorização basta entrar no site da Embaixada do Irã em Brasília, seguir os procedimentos que o visto vai ser emitido, segundo o consulado, o prozo para  a emissão é de 10 a 15 dias.
Como todo visto, o do Irã tem suas dificuldades mas nada impossível, vale lembrar que o formulário do visto tem que preenchido no computador, impresso e assinado. É verdade que tem alguns campos que não tem preencher no computador e nestes podem serem preenchido a caneta.
Outra informação que não consta no formulário é a opção VISTO DE NEGÓCIOS, o solicitante deve escrever a caneta.
Outra dúvida comum é em relação ao atestado de saúde que o consulado exige, neste atestado deve constar a ausência de doenças tais como - Malária, Dengue, Febre amarela e HIV.  
o Estes são as informações atualizadas sobre a obtenção do visto para o Irã, deve-se todo vez que for solicitar o visto, entrar no site da Embaixada e verificar se houve mudanças.
Sites os quais pesquisamos o assunto como também obtemos a imagem, a qual adequamos ao nosso post, obrigado aos respectivos sites, se houver alguma reclamação, por favor entre em contato que estaremos a disposição.  
Fontes: http://www.copasturprime.com.br/os-5-vistos-mais-dificeis-de-se-tirar/
http://naduvidaexperimenta.blogspot.com.br/2014/02/belas-pracas-pelo-mundo.html